A poesia do encontro – palavras compartilhadas!

É sempre muito. É sempre leve. E poucas coisas conseguem ser assim. Sem lucro, sem ego, sem receio. Encontrar artistas e espaços que possam se tornar palco e tela não é coisa comum. Sei! A magia vai além da arte. Ela fica bem aqui, bem aí e acolá. Em cada cantinho dos lugares que vamos ocupando. Pode não parecer, mas o mais bonito – a sensação mais saudável – mora bem pertinho. Não é vizinho, não. Nem vizinhança. É além. É dentro. Obrigada Aline e Marcia, cês são demás!
Raisa Torterola

Ok. E sobre o dia de ontem? PROJETO VIZINHANÇA é só amor. Take Five lotado, gente bonita, artistas pra todo o lado, crianças muitas, menininhas com vestidinhos lindos, menininhos correndo com elas num festival de amor. Junto às crianças, outra criança: essa com um pouco mais de idade: Ivone Pacheco cercada, idolatrada, amada, por mim e por todos. Nesse leque de 360 graus, ainda coube a presença e o brilho de vizinhos que compareceram para conhecer o tal CLUBE DE JAZZ que tanto ouviram falar e que está lá há mais de 30 anos. Vieram, beberam, comeram, sorriram, deram e receberam carinho, ouviram música e poesia, dançaram, viram obras de arte e não gastaram nenhum centavo. Cada artista que lá esteve ontem (e não foram poucos), além dos que estiveram durante a semana, pintando, arrumando e decorando o Clube de Jazz para o evento de ontem, fez tudo isso e ainda agradeceu a oportunidade. Músicos, poetas, atores, contadores de história, pintores, escultores, dançarinos ou apenas amantes da arte. Sim, porque quando todos querem algo em comum, o trabalho deixa de ser uma obrigação para se tornar uma oportunidade de servir. Se alguém acha que é babaquice, então me explica como que uma coisa dessas, o Clube de Jazz Take Five pode sobreviver por mais de 30 anos sem objetivo capitalista?
Acordar é preciso. Navegar é preciso. O clube, o Vizinhança, o bairro, a cidade, o Estado e o mundo somos NÓS! Você é nós também.
Agora, com o PROJETO VIZINHANÇA, terão que nos engolir por mais 30 anos. Com muito amor.
Marcos Ungaretti

Projeto Vizinhança no Clube de Jazz Porto Alegre. Ficamos muito felizes em participar, final de semana incrível, uma atmosfera maravilhosa, sentimento inexplicável de muita energia positiva. Parabéns a todos que participaram e de alguma forma contribuíram para este encontro. Agradecimento especial para Rosa Maria Marin Pacheco que foi muito carinhosa. Beijos e abraços a todos.
Atenciosamente,
Jon Jun Cogumelê
Voz / guitarra
Jornada Estelar

Eu quero agradecer em nome do Teatro Nilton Filho e em nome do pessoal do Jogando Limpo a oportunidade de nos apresentarmos num lugar tão especial, num evento feito com tanta dedicação e carinho, por pessoas tão, mas tão, mas tão legais! Ter a Dona Ivone Pacheco nos assistindo na primeira fila e a Guiga como fã, não tem preço! O Projeto tá de parabéns, cada edição que passa uma surpresa! Pessoas que fazem o mundo girar, é disso que a gente precisa! Parabéns e muuuuito obrigada!
Vanessa Kaminski e Teatro Nilton Filho

O clima foi propício pra isso. O lance de não ser comercial… Não existe disputa. Não tem motivo pra tu não ajudar mais. Todo mundo ganha. Todo mundo se abre mais. Sensacional. Pra ficar na memória.
Adelino Bilhalva

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s